Presidente do TST suspende restrições à retomada presencial da Justiça de SP

Bancos tornam-se o setor mais processado na Justiça do Trabalho
17 de agosto de 2021
Passageira pode viajar com cão de suporte emocional em voos domésticos
31 de agosto de 2021

Presidente do TST suspende restrições à retomada presencial da Justiça de SP

AUTONOMIA DO TJ

Devido à necessidade de preservação da autonomia dos tribunais, a ministra Maria Cristina Peduzzi, presidente do Tribunal Superior do Trabalho, suspendeu uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região que restringia a retomada das serviços presenciais na Justiça Estadual de São Paulo.

Na última semana, o TRT-2 havia determinado que apenas servidores totalmente vacinados poderiam voltar ao trabalho presencial. Em seguida, o governo do Estado de São Paulo acionou o TST e argumentou que a Justiça do Trabalho não teria competência para interferir nas condições de trabalhadores sujeitos a regime estatutário.

A ministra relatora ressaltou que o Tribunal de Justiça de São Paulo possui autonomia constitucional para regular o funcionamento dos respectivos órgãos jurisdicionais e administrativo. Além disso, a Resolução 322/2020 do Conselho Nacional de Justiça reforçou a autonomia das cortes para definir o retorno das atividades presenciais.

Para a magistrada, ao interferir nos critérios do TJ-SP para a retomada, o TRT-2 “afeta a prestação jurisdicional de outro órgão de mesma estatura constitucional”.

Clique aqui para ler a decisão
1001184-17.2021.5.00.0000

Fonte: conjur.com.br

AFC Advogados e Associados
(14) 3621-5896 / 3624-3492
WhatsApp: (14) 9.9774-3281
Rua Paissandú, 853. Jaú/SP